Campanha da Honestidade da UPA de Araguaína apresenta balanço positivo

Campanha da Honestidade da UPA de Araguaína apresenta balanço positivo

A taxa de não contribuição foi de apenas 7,5%

Em 15 dias, a Campanha da Honestidade na Unidade de Pronto Atendimento – UPA de Araguaína já registra um balanço positivo.

A campanha funciona assim: o paciente ou acompanhante têm à disposição mais de 1.000 picolés, de 15 sabores diferentes, em um freezer colocado na recepção da unidade.  Quem pegar o picolé pode depositar o valor de R$ 2,00 em uma caixa logo acima do freezer.

No entanto, não há qualquer tipo de fiscalização.

Desde que a campanha começou, 92,5% dos picolés retirados do freezer tiveram contribuição. Apenas 7,5% das unidades não receberam os valores correspondentes.

Em números absolutos, 647 unidades foram vendidas e somente 46 não foram “pagas”.

Sucesso da campanha

Para a diretora geral da UPA, Meire Fonseca, a campanha está sendo um sucesso.

“Isso mostra a honestidade das pessoas que frequentam a unidade. Esse resultado é bastante positivo e estamos satisfeitos com esse balanço parcial. Esperamos que esse número continue até o fim da campanha”, frisa.

A UPA de Araguaína é a terceira unidade gerida pelo ISAC que implanta a campanha.

“Todo o dinheiro arrecadado com a venda dos picolés já foi investido na aquisição de mais picolés. O nosso objetivo é se aproximar ao máximo de 100% de adimplência na campanha”, destaca a gerente financeira do ISAC, Suzane Alves.

Na caixa onde o valor pode ser depositado, há frases, como “Faça o bem sem olhar a quem”, “O que você planta hoje, colherá amanhã”, “Deixe o mundo um pouco melhor do que encontrou” e “Faça você a diferença”.

Quando o usuário não tiver o dinheiro trocado e precisar de troco, ele próprio pode abrir a caixa e retirar o valor. Não havendo dinheiro suficiente, o comprador pode solicitar à administração da UPA.

 

Sobre o Autor

Ricardo Sottero administrator

Deixe uma resposta