Confraternização emocionou colaboradores e pacientes em clínica oncológica de Araguaína

Confraternização emocionou colaboradores e pacientes em clínica oncológica de Araguaína

Durante a oportunidade foram distribuídas 30 cestas básicas

 

Tinha tudo para ser uma manhã normal de atendimentos na clínica oncológica Oncoradium de Araguaína, mas logo que chegaram à recepção, os pacientes percebiam que a manhã seria bem especial, já que haviam várias mesas com café da manhã, cestas básicas e vários embrulhos com presentes.

É que 19 de dezembro, quinta-feira, foi escolhido pela equipe para ser o dia da confraternização entre colaboradores e pacientes. Teve momento de adoração, música e a entrega de 30 cestas que além dos itens básicos, continha chocolates e um panetone para deixar o natal ainda mais especial.

“Hoje foi a materialização de um sonho da equipe da oncologia e quimioterapia, realizamos três edições do bazar beneficente em 2019 e com o dinheiro arrecadado conseguimos montar 30 cestas básicas para distribuir para os pacientes que mais precisam, também sorteamos presentes para os pacientes”, explicou Michelle Freitas, assistente social.

De acordo com Michelle, foi feita uma triagem para decidir para quem seriam doadas as cestas básicas. “A gente já conhece os pacientes que precisam, nossa equipe já os ajuda há bastante tempo, então ficou fácil decidir quem estava precisando”, disse.

A senhora Antônia Zuíla de Oliveira está em tratamento há pouco mais de quatro anos e foi uma das escolhidas com o presente de natal. “A cesta chegou em uma hora maravilhosa, estou operada e quando a gente fica assim, as dificuldades aumentam, então a doação vai ser ótima no meu natal e no da minha família”, destacou emocionada.

 

Palavras de Fé

A técnica em enfermagem Alessandra Pereira, levou a palavra de Deus para os presentes.

“Espero que os pacientes não desistam, que tenham fé, ânimo, que acreditem que há um Deus vivo que pode mudar a história de cada um e que eles possam se sentir amados pela equipe Oncoradium, porque para nós os pacientes são da família”, destacou.

A paciente Enilza Teodoro deu um depoimento que encheu os pacientes de esperança.

“Na hora que eu acordo, agradeço a deus por estar viva, por ele permitir que eu vivesse mais aquele dia. Quando busco tratamento, quero que me guie para onde devo ir para começar essa luta, eu sei que o senhor está comigo e vou superar mais esse desafio. Quando cheguei na Oncoradium fui bem recebida, só encontrei pessoas maravilhosas”, finalizou.

 

Sobre o Autor

Ricardo Sottero administrator

Deixe uma resposta